sábado, 9 de fevereiro de 2013

Sobre as sondagens e Intenção de voto





Uma nova Sondagem da Eurosondagem para o Expresso e SIC relativa a Fevereiro revela uma ligeira recuperação dos sociais-democratas e uma pequena perda dos socialistas.


No quadro acima pode ver-se nas intenções de voto:

PS  34,1%; PSD  27,6%; CDU 11,6%; CDS/PP 9,5%; BE 8,4%.


Popularidade


Nesta rubrica aparece em 1º lugar José Seguro com 18,2% quedando-se Passos Coelho no sexto lugar com -2,8%.


Parece que os portugueses não conhecem mais nenhum partido. Não conseguem dar a volta aos políticos e, assim, são estes que lhes dão a volta. O PSD sobe nas intenções de voto, mas quando os pensionistas e trabalhadores repararem bem no que vão receber este mês, talvez o caso mude de figura.

É surpreendente que os eleitores continuem a querer votar nas mesmas forças partidárias do "arco do poder" que nos trouxeram até aqui. Isso pode ter alguma explicação, mas prova, sobretudo, que não há coragem, que se pactua de algum modo com a corrupção e que existe um grande conformismo que radica na ignorância do povo e na falta de princípios de muitos  políticos.

O povo gosta do fado, cultiva a saudade e é trabalhador o que é bom. Mas não sendo  masoquista, oferece o flanco para ser vergastado o que é mau. Por isso, num gesto contraditório, já se prepara, ao que parece, para votar nos seus verdugos ao que se seguirá mais um percurso na via sacra da crise até ao  Gólgota dos interesses neoliberais para novo sacrifício.

Os maus governantes lavarão depois as mãos como Pilatos, atribuindo aos "fariseus" da tróika as culpas da sua própria iniquidade e da continuação do descalabro.


Clicar na imagem

1 comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar

Os comentários serão publicados após análise do autor do blogue.