segunda-feira, 31 de maio de 2010

Pare, Escute,Olhe


Vai assinalar as comemorações do 9º aniversário do CAE da Figueira da Foz

EXIBIÇÃO DO DOCUMENTÁRIO + CONCERTO FRANKIE CHAVEZ
CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS DA FIGUEIRA DA FOZ
1 JUNHO TERÇA 21H30

TRAILER SITE TEASER AMANHECER TEASER BARRAGENS www.pareescuteolhe.com
Para assinalar as comemorações do 9º aniversário do CAE da Figueira da Foz na programação vai estar o último documentário do figueirense Jorge Pelicano. O filme já foi exibido na cidade natal do realizador e teve lotação esgotada.
Face à afluência de público, o CAE volta a programar a exibição de “Pare, Escute, Olhe” e, para abrilhantar as comemorações, integrou também o concerto de Frankie Chavez, um dos autores da banda sonora original do documentário e um dos músicos com uma carreira emergente em Portugal
.
Faço votos para que a próxima exibição do "Pare, Escute, Olhe, tenha novamente lotação esgotada. Já que não me foi possível estar presente na 1ª apresentação, espero poder estar no próximo dia 1 de Junho para assistir a mais um sucesso do Jorge Pelicano.
Parabéns.

domingo, 30 de maio de 2010

Ainda o convívio de ex-militares






Ontem, no convívio dos ex-combatentes da C.Artª.87, foi feita a deposição de uma coroa de flores no memorial dos combatentes no ex-ultramar, pelo Sr. Ten. General na reforma, Albuquerque Gonçalves que fez parte do contingente, ao tempo, alferes de artª.
Em baixo, alguns aspectos do convívio.



















Post scriptum:
A coroa de flores foi oferta do ex-combatente, José Manuel Santos a quem se deve a iniciativa do memorial.

(Clicar nas 1ªs fotos para zoom)







































Presidenciais



"Nem Cavaco, nem Alegre prometem nada de bom a Portugal. A nossa desgraça é que não há outros"-VPV

No que respeita a Cavaco Silva, existem outras razões, além das que são referidas por Vasco Pulido Valente, para alterar o sentido do voto. E algumas delas podem ser encontradas nas recentes declarações do Cardeal Patriarca de Lisboa.
Já a respeito de Manuel Alegre a sua candidatura nem sequer é consensual no PS, sendo um dos seus principais opositores o ex-presidente da República, Mário Soares. Entendemos que o candidato que ora emerge, apoiado por uma"esquerda" dividida, não traz nenhuma mais valia ao País. É anacrónica.
Ele próprio deveria ter a percepção disso. E se estas razões não fossem suficientes para definir um equívoco, outras existem, mais antigas, para quem não tem a memória curta. O seu trajecto político enferma de algumas contradições, dentro do seu próprio partido, e de alguns "episódios nebulosos", onde avulta sua fuga para a Argélia, depois de ter sido colocado na disponibilidade forçada.
Em Argel, na Rádio "Voz da Liberdade", quando falava da guerra colonial, a sua voz, que era considerada de mau agoiro em Angola, dificilmente será apagada da memória dos ex-combatentes seus contemporâneos.

Só discordamos de VPV num pormenor: é que Cavaco Silva ainda prometeu alguma coisa no passado aos portugueses; este Alegre, nunca prometeu mesmo nada de bom!..
Mas, VPV tem inteira razão no seu último parágrafo: "a nossa desgraça é que não há outros."

(Clicar na gravura para zoom)

sábado, 29 de maio de 2010

Hoje-Convívio dos ex-militares da C.Artª.87


Decorridos que são 49 anos da sua partida para a ex-Provincia Ultramarina de Angola, hoje os militares da C.Artª.87 do extinto RAP 3, vão reunir-se no seu habiual almoço-convívio na Figueira da Foz.
Aos antigos jovens de 20 anos que partiram para a maior aventura das suas vidas, eu digo: bem-vindos camaradas a mais um dia de confraternização onde iremos relembrar situações e amizades inesquecíveis forjadas no espírito de sacrifício e de entre ajuda que sempre foi o nosso apanágio em terras de África.

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Dia "D" para as eleições da Concelhia do PS

O candidato da lista A, João Paulo Rodrigues ameaçou impugnar o acto eleitoral para a concelhia do PS da Figueira da Foz que se realiza ámanhã dia 29 e ao que parece com razões de peso que radicam no desrespeito a normas estatutárias, segundo o Diário das Beiras de hoje.

"Em causa está, recorde-se, a inscrição de mais de 200 militantes, segundo a Lista A, mais propriamente aqueles que não vão poder votar no próximo sábado, cerca de metade, afirma o candidato."

São estes os processos utilizados um pouco por todos os partidos que descrebilizam os políticos ou os candidatos a políticos que, quando acedem mais altos escalões do poder, para desventura do país, continuam com os mesmos processos ínvios com os resultados que se conhecem.

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Há ainda quem se lembre de Santana Lopes

A tal relação ou empatia por Santana Lopes ainda existe para muito boa gente da Figueira. Que o digam as peixeiras do mercado engº. Silva, cá do burgo. É claro que nem todas afinam pelo mesmo diapasão e fingem que não gostam dele, mas isso já é politiquice:

Os pregadores da falsa moral

Na rubrica "Estado das coisas" o Juiz desembargador, Rui Rangel, publica no CM de hoje um artigo de opinião que merece cuidadosa leitura:

"O que pesam os pregadores que se seguem, aos bolsos dos portugueses:
Faria de Oliveira: CGD, 371 000 euros; Vítor Constâncio: Banco de Portugal, 249 448 euros; Carlos Tavares: CMVM, 245 552 euros; Guilherme Costa: RTP, 250 040 euros; Fernando Pinto: TAP, 420 000 euros; Henrique Granadeiro: PT, 365 000 euros; Cardoso dos Reis: CP, 69 110 euros; Luís Pardal: Refer, 66 536 euros; José Manuel Rodrigues: Carris, 58 875 euros. A estes valores acresce carro com motorista, cartão de crédito, telefone, ajudas de custo, subsídios de representação e de compensação, participação na distribuição dos lucros e uma reforma milionária por tempo curto de serviço."

É claro que a maioria dos usuários da internet, trocam, entre si, mails que denunciam estas situações e outras semelhantes. A situação escandalosa e os exemplos de que temos notícia quase todos os dias, só vem comprovar o aforismo: "bem prega Frei Tomás que diz como é mas não faz. Dá vontade de nos blogues pôr tudo a nú e denunciar a moral podre de que enferma o sítio. Mas quem somos nós, cidadãos vulgares de lineu, para afrontar o poder instituído que vê com maus olhos os que se atrevem a levantar a voz. Na melhor das hipóteses somos mais um, entre tantos, dos que clamam no deserto.

São necessárias mais vozes corajosas e com o peso institucional do Dr. Juiz, Rui Rangel, para que seja possível que alguma coisa mude na atitude dos hipócritas do costume.

sábado, 22 de maio de 2010

Mercado Municipal



"Aqui há contra- vapor".

São estas as palavras de Custódio Cruz quando se refere à requalificação do Mercado Engº.Silva, na edição impressa do Diário das Beiras de hoje, que transcrevo:

"Custódio Cruz, líder da Associação de Comerciantes do Mercado Municipal da Figueira da Foz, é um homem do futebol mas garante que não vai à bola com as jogadas de bastidores da política. Mas passando ao ataque, dá a entender que está atento, aguardando, no entanto, o remate final para uma ocasião mais oportuna. "Neste processo há contra-vapor. Eu sei de onde ele vem e na altura devida revelarei a sua origem...! Entretanto levanta um pouco do véu:"alguém se movimentou para que as bancas não sejam instaladas no cais comercial durante as obras, local que foi indicado por nós". Por outro lado este responsável frisa que a câmara tem uma ideia muito definida do que pretende fazer. Aliás, encontrou trabalho feito do anterior executivo".

No que respeita ao "contra-vapor" referido por Custódio Cruz podemos quase adivinhar o que se passa: "cherchez les intérêtes"... Mas que seja o treinador a dar o "remate" final sobre a questão. E já que existe uma verba do antecedente de 3,7 milhões de euros para a requalificação do Mercado Municipal, ao abrigo dos fundos comunitários, que eles não se percam por falta de apresentação de projecto em conformidade, cuja data prescreve no próximo dia 7 de Julho.

Se não estou em erro, Santana Lopes, justiça lhe seja feita, no que concerne ao Mercado, fez muito com menos condições.

Post scriptum:
já depois de ter publicado este texto, li no Figueirense o que Miguel de Almeida diz sobre o projecto do Mercado. Considero muito interessantes as suas sugestões. Uma forma, aliás, de relançar o comércio tradicional da cidade e, de alguma forma, dar continuidade à obra do seu amigo e ex-autarca, PSL.







terça-feira, 18 de maio de 2010

Lei dos gays promulgada

"Sendo assim, entendo que não devo contribuir para arrastar inutilmente este debate, o que acentuaria as divisões entre os Portugueses e desviaria a atenção dos agentes políticos da resolução dos problemas que afectam gravemente a vida das pessoas.

Como Presidente da República não posso deixar de ter presente os milhares de Portugueses que não têm emprego, o agravamento das situações de pobreza, a situação que o País enfrenta devido ao elevado endividamento externo e outras dificuldades que temos de ultrapassar.

Assim decidi promulgar hoje a lei que permite o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo."

Sinceramente não vemos que relação existe entre os "milhares de Portugueses que não têm emprego e o agravamento da pobreza", com o casamento dos gays.

Será que a partir de agora a vida dos cidadãos vai melhorar? Sinceramente não acreditamos. Sabemos, sim, que a maioria dos portugueses não concorda com esta decisão.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

AQUANOSTRA ou aqui há pardal!...

A ministra do Ambiente, Dulce Pássaro, considera que as câmaras terão que aumentar o preço da água como forma de “incentivo às boas práticas”. -in Diário das Beiras.

Só faltava mais esta. A título do eufemismo da contenção do consumo a ministra quer subir o custo de um bem essencial, a água. Como se a mesma, já sobrecarregada de taxas, estivesse barata. No caso da Figueira, na água mais cara do Distrito, incidem sobre o consumo, a tarifa de disponibilidade (que não se sabe bem o que é) o saneamento, a tarifa RSU, TRH C, TRH R e o IVA a 5%.-
Ver (a).

Veja-se aqui como é que na Argélia se resolve o problema da água e qual o preço da mesma. Será esta uma das soluções para o futuro?

Com as medidas agora anunciadas da suposta protecção ao consumo, a ministra, Dulce pássaro, não faz mais do que incentivar à sobrecarga da canga, já de si pesada, aos consumidores do precioso líquido, sobretudo para aumentar o caudal das receitas dos conselhos de administração.

Senhora ministra, Dulce Pássaro, parece-me que a sugestão de V. Exa. (ou será já decisão?) é um incentivo, não à contenção do consumo, mas a outra coisa qualquer que não agoira nada de bom. O que me leva a concluir que aqui há pardal!...

Post scriptum:- a)-Numa factura de consumo de 10 m3 de água (1/1,2482) são debitados 12,48 euros que, acrescidos das taxas soma a quantia de 28,93 euros.Pagam-se mais taxas do que água.Isto é: pagam-se 16,45 euros de taxas ou seja mais 131,45% do valor da água que se consome.
Este preço exorbitante da água tem um nome que deixo à consideração dos leitores.

sábado, 15 de maio de 2010

Escândalo e preconceito!


A professora de Mirandela, Bruna Real (à esquerda) de 25 anos, que se exibiu para a Playboy, tem boas razões para se despir, mas a necessidade de protagonismo ou de dinheiro fizeram-na dar um passo em falso. Foi afastada das actividades lectivas. A vereadora da autarquia responsável pela sua contratação, mandou-a para o arquivo Municipal. Mas, não me parece que tão bela imagem se vá dar bem em tal "capela".
PS.: actualização - ver aqui.

Vemos, sentimos e lemos!...


Ao ler a versão impressa do Público de hoje, chamou-me a atenção o artigo “Viva Portugal” de Vasco Pulido Valente” do qual extraio o seguinte:

“Sócrates não existe. Está em S. Bento como estaria uma planta, à espera do momento próprio para ser removido…

Custa engolir isto ao fim de vinte anos de retratos de família e da imunda cegarrega da “união”. Só que nunca houve “união”. As grandes potências da Europa –a Alemanha, a Inglaterra e a França- não desapareceram e continuaram a desprezar por convicção e hábito os semicafres do Mediterrâneo e do Leste, que se dignam proteger e, de quando em quando, explorar. As tribos do Báltico, ao menos, sendo louras, permitem um certo sentimento de afinidade. O resto não: essa tropa fandanga, miserável, eternamente envolvida em querelas de má morte, preguiçosa e suja não faz parte da Europa por mais de que um desgraçado acidente geográfico. Por isso, o Sarkozy e a sra. Merkel não hesitaram em chamar o irresponsável sr. Sócrates, pregar uma descompostura ao referido Sócrates e mandar o homem para casa com o rabo entre as pernas. E, para cúmulo, com razão. Viva Portugal!”

No nosso modesto entendimento, parece-nos que por vezes, VPV, peca, por excesso, em certos artigos de opinião Todavia, considerando os factos ocorridos esta semana, não podemos deixar de lhe dar razão. Portugal está na cauda da Europa e a “caricata submissão” do primeiro-ministro é a prova de que estamos a perder a viabilidade como País e o resto do prestígio e da independência que nos resta.
Os discursos de circunstância que alguns governantes nos impingem, quase todos os dias através dos media e da TV, continuam a querer branquear a sua responsabilidade no caos a que se chegou. Na EU de “bons alunos” passámos a burros mandados, prestes a suportar excesso de carga, não tanto para salvar o país, mas sim para salvar um projecto, incaracterístico e alheio ao nosso sentir como povo, que cada vez se torna mais utópico.
E porque sentimos as dificuldades,“vemos, ouvimos, e lemos, não o podemos ignorar”.
Por isso faz cada vez mais sentido gritar, não irónicamente, como parece ser o caso de VPV no final do seu artigo, mas com o maior sentido patriótico: viva Portugal!...
(Clicar na imagem para aumentar)

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Eleições locais do PS dão "guerra"

A diferença entre Paz e Portugal

"João Portugal sublinhou que “a única diferença entre as duas candidaturas prende-se com o facto de Paz Cardoso ter abandonado a campanha eleitoral para as últimas autárquicas em rotura com João Ataíde, depois deste ter elaborado a lista da vereação, deixando de fazer campanha por todo o concelho ao lado dos candidatos do PS”. O alvo do ataque não ficou imóvel: “é uma rotunda mentira! Não houve nenhuma rotura com João Ataíde e nunca fui candidato a vereador!”. Paz Cardoso acrescenta que “o PS ganhou a câmara muito à custa dos resultados de Tavarede, Buarcos e S Julião”, freguesias onde, afiança, se empenhou, “para evitar o crescimento do movimento independente Figueira 100%”. " - Ver aqui no DB


Tenho acompanhado estas polémicas embora não sejam contas do meu rosário. É claro que em devido tempo, no que respeita às últimas autárquicas, fiz a minha opção e sei bem que o contributo de Tavarede e de Paz Cardoso (e não só) foram importantes para a eleição do actual Edil. Assim, parece-me que as acusações que lhe são feitas por João Portugal, são um pouco injustas.

Uma coisa é certa: a candidatura de Paz Cardoso é a que se apresenta com mais maturidade e mais garantias oferece para resolver os problemas da secção local que parecem avolumar-se com a ameaça, vinda a terreiro, da impugnação do acto eleitoral por parte do substituto de João Paredes.

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Jardim Gonçalves condenado pelo Banco de Portugal

O Banco de Portugal condenou seis ex-administradores do BCP no âmbito do processo de contra-ordenação sobre prestação de informação falsa relativa a mais de 17 sociedades sedeadas em paraísos fiscais. - Ver aqui

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Os culpados e as vitimas da crise

"Bruxelas aprovou no último fim de semana um fundo de cerca de 750 milhões de euros para acudir aos países da EU com maiores dificuldades, entre os quais se encontra Portugal.
Tanto bastou para que a bolsa de valores de Lisboa iniciasse em alta no dia seguinte, fechando com uma valorização de 10,73%. Nunca houvera uma valorização tão forte na bolsa portuguesa:
-A PT encerrou a sessão a ganhar 18,72%
-O BCP teve ganhos de 16,69 %
-A Altri 17,9 %
A bolsa Espanhola foi a que mais subiu entre os países da EU e liderou o processo fechando com 14,43%".

Aí está como funcionam os “hackers” ou especuladores da bolsa. O capital em tempos de crise encolhe e dilata consoante as conveniências. As crises empolam-se; pede-se dinheiro emprestado; os pobres pagam, as bolsas funcionam e os ricos ficam com o dinheiro que desavergonhadamente, esbulharam a quem menos podia. Para quê? Para juntá-lo àquele que, recatadamente, já tinham colocado nos offshores, aos quais alguém já chamou “mundo obscuro dos paraísos fiscais.” Por isso se cortam salários, se raciona o 13º mês, se sobem os impostos, se despedem trabalhadores.

Podia acabar muito prosaicamente dizendo que isto foi sempre assim, pois já vem da sabedoria popular o velho ditado: uns comem os figos e aos outros rebenta-lhes a boca. Mas a situação é tão descarada e o sistema tão iníquo, que não resisto em dizer que nada há de novo debaixo do Sol, pois, hoje, tal como ontem, salvaguardadas as devidas proporções, pouco mais somos do que os antigos escravos que construíram templos e pirâmides, com sangue, suor e lágrimas, para o bem estar, o gáudio e a grandeza da oligarquia dos faraós do antigo Egipto.

Quem não gosta de música clássica?

Há quem defina música como a arte das musas; mas também é a arte dos homens.

Deixo aqui um vídeo do encontro de Coros efectuado em 21 de Outubro de 2007 no Casino da Figueira da Foz. Embora a imagem peque por algumas falhas o som e a exibição são muito bons.
O Orfeão Dr. João Antunes (Condeixa), Grupo Coral de Oiã e o Grupo Coral David de Sousa, cantam: Canticorum de Handel.



terça-feira, 11 de maio de 2010

Camisola do benfica "Bento 16"



Nuno Gomes e Rui Costa, juntamente com uma comitiva do clube da águia, entregaram ao Papa uma camisola do benfica com a inscrição: Bento 16.

É uma forma de promoção pouco ortodoxa, até porque futebol e religião não casam muito bem.

Creio que se está a perder, cada vez mais, o sentido das conveniências e da realidade. Digo eu!...

António Paredes desiste da Concelhia

António Paredes desiste da corrida para as eleições da Concelhia do PS, passando o testemunho a João Paulo Rodrigues seu número dois na lista. Um projecto de continuidade, portanto, em que o "clima de crispação" com o actual executivo da Câmara era evidente.

Sobressaem na corrida para a Concelhia o deputado da AR, João Portugal e também o candidato Paz Cardoso, antigo vereador e ex-presidente da Junta de freguesia de Tavarede, figura assaz conhecida no meio Tavaredense, e não só. Quanto a nós, e sem desprimor para João Portugal, Paz Cardoso tem qualidades e dinamismo de sobra e dispõe de muitos apoios para vencer as próximas eleições.

segunda-feira, 10 de maio de 2010

O Comboio da União Europeia


"O ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, admitiu esta madrugada em Bruxelas a possibilidade de aumentar impostos, depois de se ter comprometido com os seus parceiros a europeus a reduzir o défice para 5,1% do PIB até ao fim de 2011."

Se dúvidas ainda haviam de quem manda em Portugal, a recentes declarações do ministro das finanças, pressionado pelos seus pares europeus, dissiparam-nas por completo, ao prever nova subida de impostos ao contrário do que ele próprio e José Sócrates afirmaram tantas vezes aos portugueses. Os governantes na realidade são, há muito tempo, simples mandatários das decisões tomadas pela UE, via Bruxelas.

O cerco aperta-se por interesses do exterior, é certo, mas principalmente por motivos internos em que avultam a falta de visão e capacidade de quem governa o País o que nos revolta ainda mais.

Os mercados financeiros, numa lógica implacável do sistema capitalista, consideram "Portugal o 2º elo mais fraco da Zona Euro". O 1º é a Grécia, de quem a srª. Merkel já disse ter sido um erro entrar no euro, seguindo-se a Itália, Espanha e Irlanda. Os tempos que se avizinham vão ser muito difíceis e o sonho da UE está a tornar-se num pesadelo para a maioria dos portugueses.

Deixámos de estar "orgulhosamente sós", o que era mau, mas seguimos tristemente acompanhados, sem soberania, sem cheta e quiçá sem vergonha, a caminho de um futuro incerto no comboio dos ricos, mas viajando na III classe, para a qual não comprámos bilhete, reservada aos PIGS (porcos), como já apelidam, pejorativamente os media ingleses, os países mais pequenos da UE.


O combóio chegará ao fim? Talvez. Mas muita gente vai ficar trucidada pelo caminho!...




sábado, 8 de maio de 2010

Alexandre Herculano e a actualidade



"Haverá sempre um grupo de bandalhos que
causa o opróbrio a uma nação; mas
alevantar-se-á contra ele uma minoria de
homens de bem. Serão estes, talvez, injuriados;
nunca serão escarnecidos pelo futuro."
Alexandre Herculano - Opúsculos"


O grande escritor Alexandre Herculano que foi um dos heróis do "Mindelo" citado, ontem, por Batista Bastos no Jornal de Negócios.

Infelizmente a "minoria de homens de bem" tardam em aparecer, por razões que nos escapam e que cada vez entendemos menos!...

segunda-feira, 3 de maio de 2010

O TGV não parou -Parte II

"António Mendonça, ministo das Obras Públicas, defendeu esta segunda-feira que o TGV e o novo aeroporto vão ter "retorno e efeitos dinâmicos na economia" e anunciou que no final desta semana será contractualizada a concessão do primeiro troço da alta velocidade entre Poceirão e Caia."

Sobre o TGV o Limonete já postou um artigo de opinião aqui.
Existem opiniões de vulto, contra este projecto, que dizem interessar mais à vizinha Espanha por razões económicas, sim, mas ao que parece mais por razões políticas. Não é por acaso que a rede do TGV irradia de Madrid para o resto da península. E, a propósito, não deixa de ser curioso que, no último programa do Expresso da Meia Noite, o entrevistador Ricardo Costa perguntou a Luís Nazaré (economista presidente da assembleia geral do Benfica) se o TGV deve continuar ou ser suspenso, ao que este respondeu: o TGV é estratégico na ligação de Portugal ao centro da IBÉRIA. E alguém já questionou: "O que quer isto dizer? Que Portugal pertence ou poderá vir a pertencer a um país chamado Ibéria em que a Madrid é a capital?" Portugal já é uma província como a Catalunha, País Basco, Andaluzia ou Galiza?"

E as perguntas inevitáveis continuam: será curial avançar com este projecto em que o timing, a actual situação financeira,as condições sociais e a nossa deficiente rede ferroviária interna não o aconselham?

Talvez seja interessante ver aqui mais uma resposta das muitas que têm sido dadas.

Transportes Mariano, sob rodas desde 1957


No jornal "Público" de hoje, no suplemento "Portugal Inovador", vem em foco os Transportes Mariano que tem sede na Figueira da Foz. Uma empresa que perante os novos desafios da UE, tem sabido manter o equilíbrio face a uma quase feroz concorrência no sector, graças ao poder de adaptação e à tenacidade de uma cuidadosa administração.
É um tema cuja leitura recomendamos na íntegra para se ter uma ideia das dificuldades dos transportes TIR.

Questionada sobre apoios estatais a Drª. Maria da Graça Mariano responde que "não é nada significativo. No entanto o Governo tem uma receita de 60% sobre cada litro de gasóleo (ISP) para cobrir despesas que devia ter mais cuidado em gastar." Acrescentando: "ninguém pode dar aquilo que não tem".

Às judiciosas palavras da sócia gerente dos Transportes Mariano, seja-nos permitido acrescentar que "os Governos" têm tirado precisamente a quem faz falta e esbanjado com o que e quem não devia.

(Clicar na imagem para aumentar)

sábado, 1 de maio de 2010

O 1º de Maio e a prenda dos governantes



Serão já 588 mil os desempregados em Portugal, estima o Eurostat, com base em cálculos relativos a Março. Este valor, não ajustado de sazonalidade, tem implícita uma taxa de desemprego de 10,7%, uma décima acima do que no mês anterior, e que compara com os 9,2% registados há um ano.

Só uma pergunta: qual vai ser o futuro dos trabalhadores do meu País?