quinta-feira, 19 de março de 2015

Aniversário de uma vida a dois


Hoje são decorridos 48 anos do início de uma vida a dois, infelizmente ensombrada pela guerra colonial. Vida que nem sempre foi fácil, por razões fáceis de perceber. Mas a união manteve-se firme e deu os seus frutos com o nascimento de um filho e uma filha, naturais de Angola, que são a nossa coroa de glória. Os filhos deram-nos cinco netos que são o nosso "ai Jesus" e por isso nos chamam de "avós babados". 
Na história desta já longa caminhada já  houve de tudo um pouco: houve tempo de rir e de deixar de rir; houve tempo de desânimo e tempo de coragem; houve tempo de dor, mas também tempo de felicidade. E ao comemorarmos este dia, avaliando a caminhada em comum,  respigamos aqui o seguinte texto:
 
Retrospectiva da Vida:
É no silêncio e na meditação que fazemos a análise do passado e dos caminhos que trilhámos juntos. Que nos lembramos das alegrias e das tristezas e dos erros que cometemos. É no silêncio que percebemos a iniquidade da guerra e a sorte de estarmos vivos. É no silêncio e na meditação que apreciamos as maravilhas da natureza, o milagre da vida e avaliamos os planos que partilhámos e os objectivos que conseguimos. É no silêncio que damos valor à família e aos amigos que nos deram a mão em tempos difíceis. E é na meditação e nesta análise serena que concluímos que a nossa vida valeu a pena.

2 comentários:

  1. Caro Amigo Fadigas,
    Muitos Parabens para si e sua esposa por este Aniversário ! Que contem muitos mais !
    Um abraço deste seu amigo
    J. Cascão

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Maestro e amigo João Cascão,
      Agradeço os votos formulados e retribuo o abraço enviado.
      Tudo de bom para si e bem assim para os familiares do meu prezado amigo.

      Eliminar

Os comentários serão publicados após análise do autor do blogue.