sexta-feira, 29 de março de 2013

Para todos uma Páscoa Feliz




 

Numa altura em que o futuro é uma incógnita e a luta pela vida se torna cada vez mais difícil é bom lembrar que a Páscoa é sinónimo de ressurreição. Ressurreição que pode não ser no sentido literal do termo, mas no sentido do homem novo que sacode as sandálias do pó do caminho que o obrigaram a trilhar com preconceitos e políticas cujo objectivo não é a dignificação do ser humano, mas a sua sujeição ao bezerro de ouro. 

Cristo expulsou os vendilhões do Templo com um azorrague quando eles desrespeitaram  a casa de Deus com os seus negócios. E disse um dia: eu não vim trazer a paz à terra mas sim a espada. 

Que esta nova Páscoa seja o prenúncio de um dia novo em que haveremos de expulsar também os vendilhões do  Templo do País de modo a que todos os portugueses possam concretizar as suas legítimas aspirações com um Portugal melhor e mais solidário.

1 comentário:

  1. A Páscoa é uma época marcante da vida de Cristo não só pelo seu simbolismo, mas também por Ele ter utilizado, precisamente nesta altura, a força física (único caso de que se tem conhecimento) para acabar com a corrupção dos vendilhões do Templo. S.João 2, 13:25. E é de notar que se trata do mesmo Cristo que diz: se alguém te bater na face oferece-lhe a outra. Eis um claro e inequívoco exemplo de que não se deve contemporizar com a corrupção.

    ResponderEliminar

Os comentários serão publicados após análise do autor do blogue.