domingo, 27 de junho de 2010

O Coreto


Acabei de chegar de uma excursão de figueirenses que fizeram um cruzeiro no Zézere onde a tranquilidade e a beleza da paisagem pontificam.

Visitámos a cidade do belo rio Nabão: Tomar.

Apreciámos a bem conhecida beleza daquela terra. Eis senão quando, ao desfrutarmos da beleza do bem tratado jardim municipal, tivemos uma aparição surpreendente e que nos pareceu familiar: um coreto; sim o coreto do jardim municipal de Tomar que nos recordou de imediato a requalificação, infeliz, do jardim da Figueira, que acabou com o nosso antiquíssimo coreto, (pese embora promessas em contrário) bem mais bonito do que aquele que tínhamos à nossa frente.

Depois de um dia bem passado, aqui fica este apontamento para que não se esqueça um património que nos foi tão caro e que continua no imaginário de muitas gerações de figueirenses.
(Clicar na foto para zoom)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Os comentários serão publicados após análise do autor do blogue.